19
May
08

Episódio 1 – blogosfera e feeds

O episódio 1 do TriploExpresso, intitulado “Blogosfera e feeds”, já está publicado.

Ainda não conseguimos reduzir para os 45 minutos, mas estamos mais perto. 🙂

Magazine com as novidades no ciberespaço: combate de gigantes e a chegada de um “messias” a Portugal.

Discutimos as estatísticas da blogosfera portuguesa (obrigada Jonas!) e agregadores de blogues:

Leitores de feeds:

Dicas do programa:

[Phil]

[Maria João Valente] (eram para ser duas, mas uma ficou pelo caminho…)

[David Rodrigues]

[menção honrosa]

Subscrever | Download

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


BICA CURTA do shello: “Eu espero que deixem a Yahoo! no seu canto. Esta grande empresa tem uma grande importância no que toca no mundo do desenvolvimento web. A ser raptada pela Microsoft (depois desta saída estranha) cai tudo. A ser de alguma forma também adquirida pelo Google fica-se sem concorrência nesta área — o que é mau, mesmo tendo a sensação que a Google consegue inovar mesmo não tendo concorrentes.”


45 Responses to “Episódio 1 – blogosfera e feeds”


  1. 1 pedro May 19th, 2008 at 10:47 pm

    Boa ideia, a do TinEye…

  2. 2 zone41 May 19th, 2008 at 10:48 pm

    Um abraço ao Rod!
    Não defraudou o episódio #1

  3. 3 Mª João Nogueira May 19th, 2008 at 10:49 pm

    Muito obrigada pelas referências.
    Não é mau-humor de facto, é mau-feitio (embora haja dias em que as duas coisas se misturem).
    E não é sindicalismo, mas sindicância 🙂

    Têm de ser menos geeks pá 🙂
    99% dos portugueses não perceberiam absolutamente nada do que vocês disseram. Pops, feeds, rss, browsers, apache, open source, etc.

    KISS Mode.

  4. 4 Phil May 19th, 2008 at 10:54 pm

    Meus amigos, aqui fica o nosso pedido de desculpas pela confusão com o feed e o MP3 associado ao programa #01.

    A situação já foi reposta e normalizada.

    Mais uma vez, o nosso pedido de desculpas.
    Obrigado

  5. 5 shello May 19th, 2008 at 10:57 pm

    Viva!
    Desta vez cheguei a tempo, graças ao twitter (ah pois).

    Dois comentários ao que falaram:

    Eu espero que deixem a Yahoo! no seu canto. Esta grande empresa tem uma grande importância no que toca no mundo do desenvolvimento web. A ser raptada pela Microsoft (depois desta saída estranha) cai tudo. A ser de alguma forma também adquirida pelo Google fica-se sem concorrência nesta área — o que é mau, mesmo tendo a sensação que a Google consegue inovar mesmo não tendo concorrentes.

    Não me parece que o número de pessoas com acesso à Internet cá por estes lados seja tão baixa como a que dizem esses números. Não devem estar a ser contados é o acesso por placas 3G e outras tais (o acesso por telemóvel deve ser mínimo em Portugal). Principalmente agora com o e-iniciativas acho que este número aumentou / está a aumentar ainda mais.

    Óptimo eposódio, que venha o próximo triplo expresso!

    P.S: Neste layout do blog, pelo menos em Safari 3.1, a caixa de comentários é má, mesmo mazinha. Mal dá para se conseguir ler o que se escreve.

  6. 6 Bruno Miguel May 20th, 2008 at 3:59 am

    Para um podcast que é sobre «Internet, computadores e cibercultura», não deveriam abordar algo mais que Apple? E já de agora, porque não disponibilizam o podcast em OGG?

  7. 7 Bruno Miguel May 20th, 2008 at 4:01 am

    Estou a falar, claro, das sugestões.

  8. 8 Maria João Valente May 20th, 2008 at 7:43 am

    @ MJN — É difícil balançar entre o moderadamente geek e não geek, em especial quando não nos queremos alargar mais que 45-55 minutos. Nem te digo como o tempo passa a correr. Começo a pensar que os 45m seriam óptimos para um podcast semanal, mas não para um quinzenal ou de 3 em 3 semanas.

    @Shello — O layout é efectivamente complicado. O que eu aliás estou a fazer neste momento é carregando command + para aumentar o tamanho das letras. Logo alteramos se (quando) mudarmos de template.

    @Bruno — Mea culpa, como utilizadora exclusiva de Macs. Aliás, todos nós utilizamos. É difícil evitar. De qq forma, não me pareceu em demasia, tendo em conta que, no essencial, vieram a propósito das dicas. (A do iPhone não conta, claro, uma vez que a notícia é impossível de evitar — anda por todo o lado.) Dizer que não abordámos mais que a Apple parece-me excessivo. Contudo terei mais atenção no futuros episódios…

  9. 9 Phil May 20th, 2008 at 8:59 am

    @pedro – Infelizmente, ainda é uma versão beta com acesso via convite. Eu ainda não disponho de convites, mas acredito que eles possam permitir o acesso ao fim de alguns dias.

    @zone41 – Obrigado pelo comentário…esperamos continuar e se possível, melhorar, claro.

    @Mª João Nogueira – Olha olha…quem apareceu por aqui…e sim, eu tive o cuidado de corrigir para “mau-feitio”…hehe
    Quanto ao nosso “geekismo”…foi uma das coisas que tentamos cumprir…ser o menos geek possível no nosso discurso…mas é complicado…tão complicado como tentar fazer um programa com 45mins.

    @shello – Desde já, obrigado pelo comentário e pela referência no Twitter.

    Quanto às opiniões…bom, não quero prolongar muito mais o assunto do Yahoo!, até porque no dia de ontem, surgiu um novo rumor que dá conta da pretensão da Microsoft adquirir o Facebook para depois partir para cima do Yahoo!, nem que seja parcialmente, como a Microsoft explicou em comunicado, no passado domingo. Por outro lado, parece-me impossível que possa existir no futuro uma fusão entre o Yahoo! e o Google. Acredito que na UE, esse negócio fosse recusado.

    Em relação às ligações móveis, existem 2 estudos disponibilizados pela Anacom, que tratam precisamente dessa questão. Valem o que valem…mas são os números que existem…aqui ficam os links:

    UMTS e Serviços de Dados – 4º trimestre de 2007: http://www.anacom.pt/template12.jsp?categoryId=238202

    Serviço de Acesso à Internet – 1º trimestre de 2008: http://www.anacom.pt/template12.jsp?categoryId=258722

    @Bruno Miguel – Considerando que estamos perante um programa que conta com a participação de 3 Mac Users, é complicado não falar da Apple. Ainda assim, considero que temos feito um bom esforço para tentar não monopolizar o podcast só com a temática Apple. De qualquer forma, se a actualidade justificar, vamos com certeza falar de Apple e o dia 9 de Junho está já aí à porta…ou a confirmação da venda do iPhone em Portugal pela Vodafone e pela Optimus, não justifica um destaque?

    Mais uma vez, obrigado a todos pelos vossos comentários!

  10. 10 Joel Calado May 20th, 2008 at 10:40 am

    Bom episódio, só tenho pena que não tenha sido mencionado o Planetuga 😉
    Estou contente com a plataforma que desenvolvemos para o planeta, se bem que não será propriamente um colocar de vários blogs sobre um mesmo tema, visto que partilham vários temas.

    Abraços e bom trabalho!

  11. 11 Maria João Valente May 20th, 2008 at 10:43 am

    @ Joel — Tens razão. Escapou-nos. O Planetuga e outros (tb não dava para os mencionar a todos). Fica para a próxima.

  12. 12 joao carvalhinho May 20th, 2008 at 11:42 am

    Sobre o iphone e a falta de capacidade da TMN, não se esqueçam que nem a VOdafone nacional nem a Optimus conseguiram o iPhone, mas sim as multinacionais internacionais que as controlam… por isso comparar a capacidade da local TMN com a Vodafone e a orange é ridículo!

    Mais uma vez parabéns.. continuam dominar!

  13. 13 Phil May 20th, 2008 at 12:21 pm

    @joao carvalhinho – Por isso mesmo, referi no podcast, a importância da posição da Telefónica, considerando a posição na TMN. De qualquer forma, não me parece rídicula a análise, porque das operadoras nacionais, seria de esperar que a TMN fosse a que tivesse mais força, por ser a operadora móvel da Portugal Telecom, a “operadora nacional”…e aqui, mais uma vez, a Telefónica terá sempre um papel importante.

  14. 14 stronix May 20th, 2008 at 1:13 pm

    Está fraquito, comparado com o episodio 0.. 1º: Falam da Apple em demasia, e em Blogs em demasia, no assunto principal (Microsoft e Yahoo) falaram muito pouco, 2º o Phil não respira quando fala, e parece que fala com o nariz tapado.. de resto e’ agradável de ouvir… agora têm e’ que deixar de falar tanto na Apple..

  15. 15 joao carvalhinho May 20th, 2008 at 1:36 pm

    @Phil… mas qual ligação com a telefónica?

    A única ligação que a TMN tem com a congénere espanhola, é ao nível da participação financeira na VIVO no Brasil, participação essa a nível das casas mãe (Telefónica e Grupo PT)… mais a mais eles não se suportam mutuamente, tanto que a Telefónica era a favor da OPA da SONAE sobre os segundos 🙂 , Aliás, nem mesmo a VIVO resiste grandemente às questiúnculas existentes entre os dois grupos económicos… até porque a Telefónica quer comprar a todo o custo as operações em todas as telcos da América do sul… dê por onde der… ou seja… neste momento a PT é a pedra no sapato da Telefónica.

    A única coisa que podemos dizer até agora é que nenhum operador nacional conseguiu conquistar o iPhone 🙂

  16. 16 Phil May 20th, 2008 at 3:02 pm

    @joao carvalhinho – Qual é a ligação com a Telefónica?? Simples!

    É o segundo maior accionista da PT, com 9,96% do total de acções, o que corresponde a 93.915.644 de acções.

    Portanto, parece-me perfeitamente natural que a PT tente os direitos do iPhone através da Telefónica (e isto também é válido para a Vivo no Brasil)…não vejo porque não…e para ser sincero, isso é perfeitamente secundário. As pessoas querem ter acesso ao iPhone e pouco importa se foi a empresa nacional ou multinacional que conseguiu o acordo.

    Já agora, só por curiosidade, a France Telecom é detentora de 19,19% da Sonaecom, o que corresponde a 70 276 868 de acções, sendo o maior accionista da Sonaecom, logo a seguir à Sonae SGPS, que controla 50,10%.

  17. 17 Phil May 20th, 2008 at 3:17 pm

    @stronix

    Devo esclarecer que o assunto principal eram os Blogs…acho que o título é esclarecedor.

    Quanto à Apple, falaremos sempre que for pertinente. A actualidade diz que a Vodafone e a Optimus vão vender o iPhone. Se isto não será suficiente para falar da Apple…então não sei. Por outro lado, somos 3 utilizadores de Mac e será natural essa tendência (Ia surgir a mesma crítica se fosse só Windows ou Linux…é difícl agradar a todos).

    Quanto à minha falta de técnica…não sou profissional…é o que se arranja. Além disso, o micro utilizado desta vez, não ajudou.

  18. 18 joao carvalhinho May 20th, 2008 at 7:52 pm

    pois… mas quem está por dentro da empresa e as intrincadas complicações sabe que isso das parceiras não se aplicam sempre :). Neste caso a participação é mesmo só financeira… e têm um administrador no grupo 🙂

    e sim.. tens toda a razão, mas chateia-me ver toda a gente a dizer que a vdf isto e a optimus aquilo e a tmn é uma tanga 🙂 quando nenhum deles conseguiu fazê-lo por si 🙂

  19. 19 Phil May 20th, 2008 at 9:00 pm

    @joao carvalhinho – Não é uma questão da TMN ser uma tanga…não tem a ver com isso…aqui a questão passa pelo facto da TMN ser a maior operadora móvel de Portugal e ainda por cima, pertence ao grupo PT, “A” operadora de referência do país (goste-se ou não).

    Perante este cenário, eu sinceramente acho que a TMN devia ter um pouco mais de força…e neste caso, estamos no campo da gestão e não da prestação de serviços e da eficácia como operadora móvel…a TMN ocupa a posição que ocupa…agora se perder este “jogo”, não é a rede que fica em causa…mas sim, a administração. Em última instância, pode resultar num relativo decréscimo de clientes. Contudo, como não estamos nos EUA, onde estas coisas tem um hype impressionante, com certeza que um eventual não-acordo com a Apple, não afectará a TMN.

    Como sabemos o iPhone é facilmente desbloqueado e o resto é história.

  20. 20 Mário Lopes May 20th, 2008 at 9:10 pm

    Parabéns pessoal. Mais um muito bom podcast. 🙂

    Agora só faltam entrevistas.

  21. 21 Phil May 20th, 2008 at 9:17 pm

    @Mário Lopes – Obrigado pelo comentário.

    De facto, uma das nossas ideias iniciais era ter no futuro entrevistas…se tudo correr bem poderá acontecer…em breve…mas vamos dar tempo ao tempo…está pensado, temos ideias…mas não queremos apressar o projecto e queremos dar passos pequenos para conseguir chegar mais longe.

  22. 22 Cláudio Franco May 20th, 2008 at 9:46 pm

    Mais uma vez muito bom, é bom de se ouvir… muito agradável mesmo.

  23. 23 Miguel Borges May 21st, 2008 at 9:10 am

    Epá… A M.J.V. deve ter apanhado uma daquelas épocas mais complicadas… A LojaMac tem sido o revendedor mais certo que tenho apanhado. 5 estrelas na minha opinião! A propósito, neste momento, até estão com preços de fazer inveja à “store”. Que pena que já comprei o meu iMac há algum tempo… 🙂

  24. 24 Maria João Valente May 21st, 2008 at 10:17 am

    @Miguel Borges —

    Eu bem lhes queria comprar a eles, mas o stock teimava em chegar. 🙁

  25. 25 joao carvalhinho May 21st, 2008 at 10:50 am

    Phil… ainda sobre o debate do iPhone… que gosto muito de debater contigo…

    Eu não estou grandemente chateado com este facto… apenas com a aparente inépcia da TMN (meu operador e meus colegas profissionais “durante o dia”)… mas há um facto engraçado que não tem sido comentado em lado algum…

    Sabes em Portugal qual vai ser a loja que mais iphones vai vender? A loja Online da Apple… é que esta, ao contrário das outras não te vai obrigar a assinar um plano tarifário que te obrigará a vender o carro 🙂 logo no balcão.

    Acredito que face ao xico-espertismo português, e depois de um primeiro cálculo o Iphone3g+Jailbreak será a opção da maioria dos clientes em terras lusas 🙂

  26. 26 Phil May 21st, 2008 at 11:32 am

    @joao carvalhinho – Ora cá estou eu para responder…

    Já pensei nessa hipótese…mas existe aqui uma espécie de “terra de ninguém especulativa” que não permite chegar totalmente a essa conclusão.

    Por exemplo, ainda não sabemos que vamos ter só tarifários Pós-Pagos ou Pré-Pagos ou ainda um terceiro cenário, um iPhone com as duas vertentes, sendo um pouco mais barato com os Pós-Pagos.

    Por outro lado, teremos cada uma das operadores a vender o “seu iPhone” devidamente bloqueado à rede.

    Ou seja, na Loja Online, podem surgir vários cenários…a saber:

    – iPhone completamente desbloqueado, mas pago na totalidade, como em França, em que chega aos 1000 Euros.

    – iPhone bloqueado a cada uma das redes, em que o comprador indica no acto da compra, qual a operadora que prefere.

    Sinceramente, ainda acho muito cedo para falar na forma como será comercializado. Para já sabemos que será…e por quem…mas não sabemos como e quando…por isso, não vale a pena especular…é esperar pacientemente (quem conseguir, claro).

  27. 27 joao carvalhinho May 21st, 2008 at 11:52 am

    @iPhil… absolutamente de acordo contigo… com uma ressalva adicional… O modelo existente hoje nos EUA ou mesmo na Alemanha é que a venda do telemóvel não é bloqueada a uma rede, mas sim à sua activação via ITUNES na qual tu vais escolher uma das possíveis redes (AT&T nos EUA, etc).

    Ora, mantendo este padrão, que será sem dúvida o mais simples para a apple (senão teriam que ter um P&S por cada combinação operador/tarifário por país)… Em PT apenas poderás comprar na Apple store online um telemóvel sem escolheres a rede que queres activar ( fica a cargo do processo de activação via ITUNES)… já que nos operadores, tal como acontece nas lojas da AT&T ou da DT na alemanha, forçam-te logo a assinar o novo tarifário!!!

    😉

  28. 28 Phil May 21st, 2008 at 12:02 pm

    @joao carvalhinho – No caso português, a questão não se coloca, mas então como ficam os países sem iTunes Store?

    Ora aqui está outra questão que muita gente quer ver esclarecida…

    Por isso, podia ser encontrado um novo modelo para os países sem exclusividade…ou simplesmente, um novo modelo que não exige activação…

    Por isso, é esperar…

  29. 29 joao carvalhinho May 21st, 2008 at 1:34 pm

    Só um último Remark para aqueles que possam tirar conclusões precipitadas da nossa troca de comentários…

    Itunes Store não é o sítio onde se vai vender o telemóvel (Apple Store online)… é o sítio (loja online) onde se poderá activar o mesmo e comprar futuramente conteúdos específicos para o equipamento (Programas, jogos e afins).

    A meu ver os países onde não existe itunes store o processo terá que ser todo tratado na operadora, que activará o equipamento, provavelmente usando um parceiro num país com loja online, e recorrer-se do “país de origem”, neste caso a Irlanda para os países EMEA. Mas como nesses países não há Apple Store online,nem desbloqueado nem bloqueado… só mesmo via operador!

  30. 30 pintoribeiro May 21st, 2008 at 1:56 pm

    Vou desafinar.
    Conversa xataaaaaa…mas gostei. Da ideia.

  31. 31 Tiago May 21st, 2008 at 5:30 pm

    Boas…

    Devo confessar que gostei mais deste episódio que do #0. A conversa acerca do assédio da Microsoft a Yahoo foi deveras informativa e útil, para entender um pouco mais o que se estava a passar nos bastidores.

    Quanto ao iphone…. eu já estive com um na mão (em Portugal) da TMN! Um colega meu comprou-o nos Estates já desbloqueado, chegado a PT colocou-lhe o cartão! E já que vocês estavam a falar de preços… ele pagou 300€ e poucos euros!

  32. 32 joao carvalhinho May 21st, 2008 at 10:35 pm

    Sim Tiago… aponto para que esse nível de preços se mantenha mesmo por cá. No entanto um iphone “desbloqueado” sem dúvida ilegalmente não “pode” ser actualizado de forma automática… e para comprares num operador, vão te obrigar a assinar um plano de preços bastante mais alto que o normal, provavelmente sob o pretexto de tráfego ilimitado… que num telefone é no mínimo estranho.

  33. 33 Tiago May 22nd, 2008 at 3:36 pm

    @João Carvalhinho… só por curiosidade… a que tipo de actualizações te referes?

  34. 34 Sergio Alex May 22nd, 2008 at 6:47 pm

    Muito bom o podcast. Já estou a ouvir.

    Continuação de bons episódios. 😀

  35. 35 Maria João Valente May 22nd, 2008 at 10:31 pm

    @Tiago —

    O JC refere-se às actualizações do firmware via iTunes Store.

    @pintoribeiro —

    Tudo bem. Não se pode agradar a todos. Isso sim, seria verdadeiramente chato! 😛

    @Sérgio —

    Obrigada. 🙂

  36. 36 Mx7 May 23rd, 2008 at 12:52 pm

    “Bem vindos a mais um episódio do Triplo Expresso… este é o primeiro episódio”

    Mto bom lol

  37. 37 Maria João Valente May 23rd, 2008 at 3:08 pm

    @Mx7 —

    Pois na realidade era o primeiro e era mais um. Estranho? Nem por isso. Antes do #1, havia o #0 (aka Piloto).

  38. 38 MM May 27th, 2008 at 2:48 pm

    A plataforma de blogues mais usada em Portugal não é o SAPO. Estão mal informados.
    Comecem a ler p.e.: http://zone41.info/2006/10/16/o-tamanho-da-blogosfera-portuguesa/

    Nota da Redacção:
    O Link indicado já tem 2 anos e julgar em 2008 a Web pelo que ela foi em 2006 é bastante redutor, no mínimo.

  39. 39 Andre Jun 14th, 2008 at 6:01 pm

    para quando outro podcast?

  40. 40 pmsalves Jul 28th, 2008 at 12:22 pm

    O melhor programa de bibliografia para o macintosh é o Bookends (http://www.sonnysoftware.com/)! Se não acreditarem deem-lhe uma olhada e ficarão rendidos. Eu uso-o desde há 6 anos e nunca pensei em voltar ao Endnote.
    Pedro Alves

  41. 41 Miguel Aug 22nd, 2008 at 7:14 pm

    Muito bom podcast,graças a voçês começei a explorar as funcionalidades do Google Reader e dos feed’s 😉

  1. 1 Triplo Expresso #1 « sixhat pirate parts Pingback on May 19th, 2008 at 10:54 pm
  2. 2 TriploExpresso #1 «  Mac² Pingback on May 20th, 2008 at 7:55 am
  3. 3 Triplo Expresso Episódio 1 - Blogosfera e feeds | Ferramentas para blogs, Noticias, WordPress, Tutoriais e muito mais... - MUIOMUIO.NET Pingback on May 20th, 2008 at 10:03 am
  4. 4 ReadAir: desktop para os utilizadores do Google Reader «  Mac² Pingback on May 23rd, 2008 at 1:40 pm
Comments are currently closed.